Notícias

Postado em 18 de Março de 2014 às 13h47

CNI defende custos menores para indústria impulsionar o PIB

11/03/2014

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) defende a intensificação de medidas de redução de custos, como a desoneração dos investimentos, para retomar o crescimento da indústria com mais vigor, pois o setor, conforme demonstra o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) em 2013, ainda enfrenta dificuldades. Apesar do aumento de 1,3% do PIB industrial no acumulado do ano, o setor registrou redução de 0,2% no quarto trimestre na comparação com o terceiro, queda que foi de 0,9% no caso da indústria de transformação, assinalou a Confederação.
A CNI prevê que, este ano, a economia brasileira deve continuar enfrentando dificuldades para aumentar a velocidade de expansão, provavelmente com desempenho semelhante ao de 2013. Na visão da instituição, a pouca competitividade do setor e a baixa confiança dos empresários desestimulam a elevação dos investimentos.

Fonte: www.portaldaindustria.com.br

Veja também

Simec e Senai farão inventário sobre NR-12 em indústrias02/12/14Atuação conjunta prevê avaliação sobre máquinas e respectivos riscos      Um trabalho conjunto entre o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec) e o Senai será realizado para proporcionar inventário relativo às exigências da Norma Regulamentadora 12 (NR12). Essa norma trata sobre a segurança no trabalho em máquinas e equipamentos e impõe......
Chapecoense homenageada na Eletrometalmecânica09/03/18 “As palavras motivam para seguir a vida.” Foi assim que o ex-atleta Jackson Follmann, acompanhado por representantes da diretoria da Associação Chapecoense de Futebol, recebeu homenagem de uma empresa expositora da Feira e Congresso......
Organizadores avaliam resultados positivos da Eletrometalmecânica12/03/18 Volume significativo de visitantes, expositores de marcas reconhecidas nacional e internacionalmente, alto nível das palestras técnicas e a mostra do processo de robotização. Esses são os aspectos destacados, em......

Voltar para Notícias