Notícias

Postado em 19 de Outubro de 2018 às 14h07

Programa de excelência na gestão apresentado para empresários do setor de eletrometalmecânica

O programa de excelência vai ajudar a implantar um modelo de gestão nas empresas, afirmou, em evento no Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico (Simec), a instrutora do Excelência Santa Catarina, Larissa Raiser. Através de um workshop, nesta quinta-feira, 18 de outubro, ela falou para empresários e profissionais de empresas do setor eletrometalmecânico que formarão um grupo setorial para realizar o pro-grama.

Ao abrir o evento, que teve o tema central "Excelência na Gestão", o vice-presidente do Simec, Mário Nóri de Oliveira, destacou que um dos grandes focos do setor eletrometalmecânico está na inovação, o que inclui melhorias na gestão das empresas. "Estamos em um mundo globalizado, nossos produtos parece que a cada seis meses perdem a validade, por isso buscamos atualização e programas que auxiliem nesse processo", afirmou.

Ao falar sobre o programa de excelência, a instrutora Larissa Raiser enfatizou que as vezes as empresas, ao contratar consultoria, precisam considerar o conjunto do trabalho a ser desenvolvido, que envolve "fazer gestão, analisar, planejar, pensar". Acrescentou que o Programa de Excelência na Gestão representa um modelo consistente e pode ser aplicado em qualquer organização, para amadurecer a gestão. Sobre esse amadurecimento, especificou que vai ao encontro das ameaças que as empresas estão passando, contribui para enfrentar crises e a superação em velocidade muito rápida.

Cases de Excelência 
Dois cases de Gestão de Excelência também foram apresentados durante o workshop no Simec. As apresentações foram da gestora Maribel Gaio quanto ao Laboratório Vida, e da diretora administrativa financeira da Ogochi, Aureane Mignon. Essas empresas foram reconhecidas neste ano no Prêmio Catarinense da Excelência na categoria 250 pontos. 

Ao falar sobre o programa, Maribel citou que com o modelo foi possível planejar, agir, controlar e aprender, e que o gestor necessita ser persistente e estar disposto à mudança. Já Aureane enfatizou que não é um modelo mágico e requer escolhas estratégicas e monitoramento. Além disso, complementou que "o modelo não exclui nada do que se tem na empresa, mas ensina a melhorar".

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 19/10/18

Veja também

Empresas eletrometalmecânicas podem recolher contribuição sindical até dia 3125/01/18 As empresas do setor eletrometalmecânico podem proceder o recolhimento da contribuição sindical até a próxima quarta-feira, 31 de janeiro. A orientação é do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec) para as empresas do setor, sejam associadas ou não. O recolhimento dessa......
Inspeção veicular orienta sobre riscos em automóveis22/09/16Iniciativa, que tem a participação do Simec, mostra importância da revisão preventiva      Neste sábado, 24 de setembro, será possível fazer inspeção veicular gratuita no centro de Chapecó para checar itens de segurança que são importantes para a prevenção de......

Voltar para Notícias