(49) 3323 3102
simec@simeconline.org.br
Notícias
Simec
Seja um
Associado

Notícias

Postado em 09 de Fevereiro de 2017 às 11h54

Palestra destaca engessamento causado pela legislação trabalhista

SIMEC - Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó/SC O detalhismo da legislação trabalhista, as medidas preventivas que podem ser adotadas para evitar ações no âmbito da...

O detalhismo da legislação trabalhista, as medidas preventivas que podem ser adotadas para evitar ações no âmbito da Justiça do Trabalho, o engessamento e os encargos causados às empresas. Esses foram alguns dos enfoques feitos na palestra com a temática “Como evitar condenações trabalhistas”, promovida nesta terça-feira, 7 de fevereiro, pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Chapecó (Simec).

Ao apresentar a temática, dentro do programa mensal de palestras que a entidade realiza para empresários e gestores de empresas do setor, o presidente do Simec, Mário Nóri de Oliveira, disse da necessidade do empresário ter, cada vez mais, conhecimentos sobre tudo o que envolve a estratégia da empresa, como é o caso da legislação, diante das dificuldades que são enfrentadas cotidianamente. Avaliou que a legislação trabalhista atual é muito deta-lhista, engessa as empresas, é anacrônica e precisa ser modernizada. Para o dirigente, a legislação trabalhista brasileira, como está, “beneficia empresário ruim e o funcionário ruim”, além de contribuir com a concorrência desleal, diante do custo imposto a quem segue as normas legais.

Na palestra, uma das abordagens feitas pela advogada Daiana Capeleto, especialista em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho e sócia do escritório Bortolotto & Advogados Associados, que assessora o Simec, foi quanto à chamada “indústria da reclamatória trabalhista”. Um dos argumentos é de que a Consolidação das Leis do Trabalho, a CLT, é bastante extensa e contém procedimentos que ocasionam facilidade de gerar discussão ou dúvida. Também fez análise sobre questões como turno e jornada, internet nas relações de trabalho, compensação e banco de horas, responsabilidade de ex-sócios pelas dívidas trabalhistas, tipos de faltas legais e lembrou que é proibido o trabalho insalubre para gestantes e lactantes em todo o período de gestão e lactação.

Limbo previdenciário
A palestrante abordou, ainda, o que chama de “limbo previdenciário”, em relação ao ônus para as empresas em aspectos como afastamentos e tipos de acidentes. Sugeriu que os departamentos de recursos humanos “precisam estar atentos ao que acontece com cada funcionário, com o controle absoluto sobre o que ocorre”. Em relação à revista íntima de funcioná-rios e clientes do sexo feminino, indicou que a lei não permite, mas não há objeção legal à revista de bolsas.

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 8/02/17

Veja também

Eletrometalmecânica mostra inovações em produtos e serviços desta terça até sexta05/03/18 Um dos setores da economia regional que possui maior expressividade tem a partir desta terça-feira, 6 de março, a primeira feira de negócios do ano em Chapecó. Às 14h abre no pavilhão 4 do Parque de Exposições Tancredo Neves a Eletrometalmecânica 2018, que irá até sexta-feira, numa iniciativa do Sindicato das Indústrias......
Eletrometalmecânica terá espaço para associados do Simec14/12/17 Uma ala específica para empresas industriais e prestadoras de serviços instaladas na região faz parte dos espaços que estarão na Feira Eletrometalmecânica 2018, que ocorrerá em março do próximo......
Inscrições para workshop sobre reforma trabalhista encerram nesta quarta 24/04/18 Encerram nesta quarta-feira, dia 25, as inscrições para o workshop sobre a reforma trabalhista na prática das empresas, promovido pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de......

Voltar para (Notícias)